:: Tome Nota

Pediu, recebeu

2/11/2019 2:41:00 PM

Entrega de produtos adquiridos em lojas virtuais é sempre uma dor de cabeça para o consumidor. Muitas vezes, depois de longa espera, uma vez que o prazo informado para receber o item não é cumprido, ele recebe mensagem dizendo que deve retirar o produto em uma agência dos Correios ou em outro estabelecimento.

Caso queira, não precisa mais esperar a entrega do produto pela loja, seja virtual ou física. Ele pode utilizar do serviço da Movetogo, plataforma online onde qualquer pessoa ou empresa pode solicitar cotação e contratação de coleta e retirada de encomendas de maneira simples e rápida. A empresa atua em todo Brasil e atende consumidores e empresas de todos os portes. Ela faz parte do grupo Move Solução em Logística, que atua no mercado desde 2011 e possui expertise em armazenamento, manuseio e distribuição em todo território nacional.

Quem explica como funciona a Movetogo é Cláudio Alvadijan, especialista em logística e CEO da empresa. Ele é o convidado da jornalista Angela Crespo no programa Consumo em Pauta de hoje, a partir das 16 horas na Rádio Mega Brasil Online.

O preço para coleta e/ou entrega de produtos não é proibitivo e é informado na plataforma. Para quem tem pressa no recebimento do item comprado basta acessar a plataforma da Movetogo e fazer a solicitação da retirada e entrega no local escolhido ou retirar em uma base da própria Movetogo. Nesta última opção, inclusive, o preço do frete é mais barato. “Há ainda a opção de o consumidor contratar a Movetogo para retirar um produto comprado numa loja”, diz Alvadijan.

Esta pode ser uma boa opção para quem compra em lojas online que disponibilizam a entrega do produto na loja física, sem cobrar frete para isso. “O consumidor não precisará se deslocar para buscar o item. Retiramos na loja e levamos até ele, que poderá acompanhar tudo em tempo real”, acrescenta o CEO da Movetogo.

A Movetogo oferece outro serviço para qualquer cidadão que precisa enviar um determinado produto dentro de São Paulo, pagando uma taxa única de R$ 65.

Para quem está começando a vender por marketplaces ou já comercializa por essas plataformas, o fundador da Movetogo lista algumas recomendações na hora de enviar uma encomenda.

- Ter uma embalagem que realmente preserve o produto;

- Verificar se a empresa de marketplace tem restrição de transporte do produto vendido;   

- Conferir medidas, peso e valor de nota fiscal, se estão adequados ao mercado de marketplace;

- Comparar o prazo de entrega que é oferecido, para saber se é o mais adequado para o negócio;

- Verificar se o valor de nota fiscal é restituído em caso de avaria ou extravio;

- No contrato de uma transportadora, sempre pedir a apólice de seguro, para confirmar a veracidade e condições estabelecidas pela seguradora;

- Não basta apenas despachar uma mercadoria. A venda se encerra quando a entrega for finalizada e o cliente demonstrar satisfação pelo produto e pelo processo de entrega.

Para saber mais como funciona a Movetogo, acompanhe a entrevista na Rádio Mega Brasil Online nesta segunda-feira (11/2), às 16 horas. Reapresentações na terça, às 19 horas, e na quarta, às 9 horas. Acesse em www.radiomegabrasilonline.com.br



Voltar






Copyright Mega Brasil Comunicação - Todos os direitos reservados